Superior Tribunal Federal

Caro leitor, não posso deixar de expressar minha perplexidade em relação ao fato que acontece no dia 22.02.2017. Acredito que o Superior Tribunal Federal acaba de ser  ultrajado em sua essência com a aprovação do nome do então Dr. Alexandre de Moraes.

Vejo que as instituições estão falindo aos poucos, esperávamos mais da operação lava jato deflagrada pelo  Juiz Sérgio Moro, que elas avançassem, que os corruptos fossem parar na cadeia e devolvessem o dinheiro roubado da união e de todos nós.

Minha perplexidade fica por conta das manobras engendradas pelos políticos que estão legislando em causa própria como por ex.: Dr Michel Temer e  todos os corruptos que estão instalados tanto na câmara como no senado. Podemos tomar como exemplo, inclusive, seus próprios presidentes: Rodrigo Maia e Eunício Oliveira, ambos citados nas delações de envolvimento na lava jato.

Para nós que acompanhamos política pode até ser normal, mas tendo em vista a opinião publica, as manifestações que vem ocorrendo desde o governo Dilma, causa estranheza a calmaria e a aprovação de tudo o que tem sido colocado em pauta nas duas casas a favor do governo Temer. Isso nos leva a crer que havia uma razão pelo fato da ex-presidente Dilma haver falado em golpe. Não estou aqui para defender um ou outro, mas ela não conseguia aprovar nem a compra de bolo de aniversário, quanto mais a reforma do teto dos gastos, chega a ser incrível como o governo em velocidade extrema tem aprovado políticas polêmicas.

Bom, você deve estar se perguntando, onde quero chegar com essa conversa, então voltamos ao cerne da questão: Dr. Alexandre de Moraes. Caro leitor, é só ver o antecedente do mesmo, filiado ao partido de Aécio Neves PSDB, qual também já foi citado na lava jato. Seu escritório já advogou para o  PCC e  Eduardo Cunha, neste caso não necessitamos nos alongar, mas agora ele vai ser o revisor da lava jato e, desta forma, estão colocando o lobo no galinheiro.

Fica claro que a velocidade e a forma como foi aprovado seu nome que a intenção dos políticos é no mínimo afrouxar as prisões dos não condenados ainda e o esvaziamento das investigações referente as delações premiadas que estão prestes a serem publicadas.

É, caro leitor, se a população não ficar atenta isso tudo pode se virar contra nós reles mortais que não temos foro privilegiado. Existem mais de 200 nomes envolvidos em delações ou seja 1/3 do congresso entre senadores e deputados e com essa votação que ele conseguiu, fica claro que eles esperam que o salvador da pátria Alexandre de Moraes, no mínimo adie as decisões… É claro que ele não legisla sozinho, mas…… Nós não sabemos o que acontece no supremo, só tenho a lamentar, não que eu seja contra ele, o que avaliando suas competências acredito que tenha condições de exercer um bom papel, uma força jovem  que chega a casa maior e com responsabilidade de tocar o país adiante, mas sim a forma como o mesmo chegou colocado pelo presidente que também foi citado na lava jato e a cumplicidade de senadores e deputados.

Ficamos por aqui, até breve! E vamos lutar para sobreviver neste país onde a casa maior esta em cheque.

Anúncios

Esse é o meu país!

brasilCaro leitor, novamente manifesto minha indignação. Sei que a corrupção existe em todo o mundo, também sei que em alguns países as leis são mais severas, mas no Brasil as coisas são difíceis de entender. Veja bem, pelo meu conhecimento o “SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL” é o órgão de maior autonomia no país, quando um processo chega à esta instancia é o último recurso de apelação. Após sua verificação e análise, não cabem mais recursos. Mas não é isto que estamos vendo e isso me preocupa. Se o órgão supremo perde a supremacia em que poderemos nós pobres mortais acreditar?

Ontem ouvindo a votação do recurso dos envolvidos no escândalo do mensalão, pudemos ver a fragilidade que é nosso congresso: O ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo, discutindo veementemente com o ministro Ricardo Lewandowski. Isso é um absurdo, que exemplo eles dão a nós que dependemos da justiça? Esses corruptos deveriam ir para a cadeia e pagar pelo que fizeram, o Supremo tem que se valer da autoridade, mas parece que alguns ministros estão envolvidos ou comprometidos com alguns réus e o julgamento parece favorecer alguns réus. Não entendo o que acontece, mas vamos tentar responder algumas perguntas referente a concepção política de nosso pais.

Quem indica o ministro do Supremo Tribunal Federal?
R- O presidente da República
Quem vota o aumento de salário dos senadores, vereadores e deputados?
R- Eles mesmos cada um em sua casa, ou seja, na câmara dos deputados e vereadores e no senado.
Quem coloca em pauta o que deve ser votado?
R- Os presidentes das casas, ou seja Renan Calheiros no Senado, e Henrique Alves na Câmara.
Quem paga a conta?
R- O povo

Pois é meu leitor a situação é complicada. Não bastasse eles simplesmente esquecerem que a menos de trinta dias o povo estava na rua reivindicando mudanças, o senado aprovou esta semana o ‘ORÇAMENTO IMPOSITIVO” Vocês sambem o que é? Pois bem vou mostrar a todos como somos enganados todos os dias por esses políticos que nada mais fazem do que levar nosso dinheiro. Veja abaixo do que se trata esse orçamento:

“Orçamento impositivo é aprovado na Câmara por 378 votos contra 48.”.

“O chamado orçamento impositivo obriga o governo a liberar dinheiro que deputados e senadores destinam para obras em suas bases eleitorais.”.

Fonte Bom dia Brasil
Caso queiram mais informaçõesm cliquem AQUI, para abrir o link.


Sinceramente, me sinto enojado com nossos políticos – “Esta chegando a hora das eleições, então vamos fazer obras nos currais eleitorais e manter nossos votos” – É desta forma que estes políticos agem, eles estão contra o povo e não a favor. Votam o que é de interesse deles e já esqueceram do plebiscito, o deixaram para 2018, pois é lógico, temos eleições em 2014. Eles se elegem e depois vão votar um assunto de interesse deles mesmos.

É, meu leitor, fica difícil acreditar em um país melhor, vejam a reportagem no link acima, vale apena. Só assim podemos nos orientar e votar com consciência.

Volto a reforçar o cuidado quanto ao PMDB. O governo vem perdendo todas as batalhas na câmara dos Deputados e no Senado, o que temos que lembrar é que tudo era para ser diferente, pois o Vice Presidente Michel Temer, o Presidente da Câmara dos Deputados Henrique Alves e o Presidente do Senado Renan Calheiros, são todos do PMDB, aliados do Governo Dilma do PT.

Já ouviram falar naquele filme “Dormindo com o Inimigo”? Pois é, eles querem arruinar o Governo Dilma e assumir a presidência, querem deixar uma situação insustentável para a presidenta e acabar com o país. Só vou lembrar vocês de algumas mazelas do PMDB:

Quem afundou São Paulo onde o Estado perdeu o Banespa? Todos sabemos que os bancos são os que mais dão lucro. Como um estado perde um Banco?
R- Orestes Quercia e Antonio Fleuri, ambos do PMDB
Quem permitiu que uma inflação chegasse a 900%? É isso mesmo, 900% ao mês em 1989?
R- Jose Sarney, então presidente do Brasil na época, também do PMDB

Caro Leitor devemos nos mobilizar e ficar atentos aos movimentos desses políticos. O dinheiro será liberado para os parlamentares fazerem suas obras, mas será que ele chega no destino para obras ou compra de votos?

O Brasil necessita mudar, nós pagamos imposto de renda sobre o salário, mas me responda: salários é renda? Os políticos estão enriquecendo, todos estão muito bem financeiramente. Não seria a hora da receita federal dar uma olhada no imposto de renda destes políticos e ver o patrimônio de sua família? Fica ai o recado, me despeço por hora, mas logo voltamos a nos falar.

Uma boa semana a todos.