Brasil 2017

foto-blog-2

Por Douglas Pereira da Silva

Caro Leitor, feliz 2017, começa mais um ano e parece que a retórica é sempre a mesma, fuga em presídios, assassinatos, aumento de combustível, pedágios, enchentes, seca em reservatórios, ou seja, tudo igual ao ano que passou, parece que nada mudou.

Mas esse ano tudo pode mudar desde que juntos nos engajemos na atenção que devemos ter as aprovações das medidas que estão para serem aprovadas na câmara dos deputados e no senado, não podemos permitir aumento de impostos, reforma da previdência que venha a prejudicar o trabalhador e principalmente não permitir que aprovem a anistia aos corruptos, pois isso seria o fim estes políticos iriam assinar de vez suas cartas de alforria, todos os que estão presos pelo caixa dois seriam soltos, entre eles Eduardo Cunha, e se livrariam da cadeia Renan Calheiros e mais uns 200 deputados e uns 50 senadores, vamos ficar atentos e protestar.

Mas com tudo isso temos que pensar em melhoria, o Brasil é muito mais que tudo isso que estamos vendo, tem um povo maravilhoso e hospitaleiro, merecemos coisas melhores para esse ano, mas para que isso aconteça temos que acreditar e trabalhar, buscar sempre o melhor  para nós e para o nosso próximo.

As organizações também sofrem com as demissões, e pode acreditar que o objetivo delas não era demitir e sim admitir, pois com certeza elas também passam por dificuldade, duas dicas abaixo para você trabalhador e cidadão que lê meus polsts.

1ª Para você que  esta empregado: segure seu emprego não desdenhe pois tem muito bons profissionais desempregados e sua empresa pode querer fazer uma reengenharia e descobre que você critica demais, fala demais e nada esta bom para você, muito cuidado e humildade esse é a primeira dica.

2ª Para você que está desempregado, reavalie sua situação veja a necessidade de se vender por um preço incompatível a sua formação e capacidade, caso tenha necessidade faça, mas em necessidade extrema pois o mercado neste momento esta desta forma ditando as regras, mas não se desvalorize, tenha humildade e tenha certeza que não irá encontrar salário igual ao que tinha no passado, mas valorizes se e busque o melhor para você, ouço muitos profissionais dizerem que não irão rebaixar a carteira, cuidado com essa frase, veja o seu salário no mercado quanto esta girando a média e se encaixe nesta média, o salário de saída de uma organização não é parâmetro correto para entrada em outra, a não ser que esteja saindo de uma e entrando em outra, mas se já estiver desempregado veja o salário real pois eu salário de saída já deve ter alguma defasagem você pode ter recebido aumentos de mérito ou até promoções.

De toda forma temos que acreditar que o amanhã será melhor, não perca a oportunidade de se capacitar, faça um curso novo, atualize e seja muito feliz em 2017.

Anúncios

Criatividade: Adaptação X Inovação

 

foto-blog-1

Por Douglas Pereira da Silva.

Olá meu leitor! Hoje vamos falar de criatividade, podemos ter dois tipos de criatividade são elas: criatividade adaptativa  e criatividade inovadora.

Criatividade Adaptativa é a que faz com que você mediante a situação se adapte e ou transforme o que esta sendo feito, esta capacidade é o que as organizações já têm  dentro de seu quadro de profissionais e espera que os mesmos sejam proativos e que façam acontecer. Sabemos que não é bem dessa forma que isso acontece, até porque quem dita as regras nas organizações na maioria das vezes é a gestão, sendo assim, como criar? Como fazer diferente? De que modo  mostrar que somos criativos sendo que recebemos a ordem de execução e não de criação? E que muitas vezes não podemos contestar.

As organizações ao contratar o profissional ela acredita implicitamente que o mesmo reúna uma porção já carregada dentro de seu conhecimento e experiências vividas, ela não seleciona pela criatividade, mas pela experiência demonstrada inicialmente em seu currículo, mas depois de contratado aí a responsabilidade passa a ser sua em explicitar o que ela julgava que tivesse implícito, desta forma nós temos que sempre nos adaptarmos as condições tanto culturais como comportamentais das organizações, mas se possuímos essa criatividade implícita conseguiremos nos adaptar e até transformar algumas rotinas com o passar do tempo e a confiança adquirida.

Profissionais com essas características tendem a ser criativos, mas no momento não passam de bombeiros, ou seja, apagadores de incêndios, são até competentes mas não tem voz ativa, são reativos e não proativos.

Profissionais Criativos Adaptativos se adaptam á:

– qualidade
– vendas
– redução de Custos
– comunicação de despesas
– realização de metas
– melhorias

Seguem o padrão trivial do que é solicitado a eles.

Já a Criatividade Inovadora já é um pré requisito de empresas inovadoras, estas empresas fazem com que os profissionais estejam sempre se desafiando intimamente, criando cenários favoráveis ao desenvolvimento tanto pessoal como profissional. Até o processo seletivo é dinâmico, ele consiste em desafiar você a mostrar quais soluções daria a determinados casos específicos e difíceis, não buscando a adaptação, mas sim a nova forma de resolução. As organizações que buscam um diferencial competitivo com certeza irão fazer a diferença na contratação destes profissionais.

Pessoas inovadoras têm sempre um diferencial a ser explorado, a pro atividade está sempre aflorando, pois o desafio é sua marca registrada, elas inovam em:

Desenvolvimento de novos produtos

Transformações empresariais diversas

Diferenciais competitivos na organização

Nova conceituação para padrões modernos

Reengenharia do cargo

Estes profissionais buscam sempre o melhor e também o desafio de arriscar sempre sem medo de errar, pois cada erro é o possível acerto do amanhã. Assim diz a ciência que vem constantemente acertando através das formas de inovar.

Crise?

03

Caro leitor novamente estou fazendo um comentário sobre a “CRISE”, é engraçado falar deste tema, pois o desemprego é fato, as empresas estão demitindo readequando seu quadro de funcionários e se moldando ao novo mercado, mas parece que a população não esta em sintonia com essa crise. Isso me leva a perguntar onde  esta a crise? As estradas desde o final do ano estão lotadas, o combustível aumentou o pedágio aumentou e o povo na estrada, e depois reclama da CPMF, não estou dizendo que não deva viajar, mas onde está a crise? Pois quem tem dinheiro para viajar em todos os feriados não está preocupado com a crise.

Meu leitor venho tentando entender o que se passa na cabeça do ser humano, ele não tem dinheiro para investir em si próprio mas tem dinheiro para viagens e luxo descontrolado, parece que não está percebendo a gravidade do momento, não percebe que se por um acaso o que não esta longe de acontecer ele perde o emprego a sua recolocação será mais difícil, pois muitos bons profissionais e muitas vezes melhor qualificados que ele estão perdendo seus empregos e na hora da recolocação, a preferência das organizações e devido a demanda e a pouca oferta irá optar pelo melhor e não pelos que estão em desenvolvimento, estamos voltando aos anos 90 onde faltava emprego e só quem estava pronto tinha acesso a bons empregos.

Segue um conselho a todos os profissionais empregados, agarrem com unhas e dentes seu emprego, trabalhe e trabalhe bastante, mostre porque você merece estar trabalhando em sua empresa, pois, se a crise chegar em seu seguimento você se manterá empregado e sobreviverá a chamada “CRISE” e continue investindo em sua capacitação estude, faça cursos extra curriculares, pois isso pode fazer a diferença no fiel da balança, seja múltiplo e não de atenção a crise, invista em você e se por acaso for você o escolhido para sair você estará pronto para encarar o mercado.

Sucesso e não se incomode com a crise “Ela esta na cabeça do povo que convive com a mediocridade, ela não existe para quem trabalha e investe em si próprio”.