Vamos Falar de Política

magem

Falar de política é fundamental para todos nós, temos que entender que a política permeia nosso dia a dia e estamos  vivendo um fase bem conturbada. Os partidos como sempre estão se digladiando, os gladiadores  são sempre os maiores como PMDB, PT, PSB, PSDB, infelizmente a briga é focada em palanque político, ou seja, onde posso derrubar ou atingir meu concorrente.

Caro leitor, a situação chegou a um ponto que bem cabe uma análise minuciosa, veja as indagações:

PMDB: Partido que tem forte expressão política na história nacional. Vale lembrar a influência das diretas já com seu comandante Ulisses Guimarães nos anos 80, nesta época o partido tinha como história ser o maior partido político, mas depois das diretas tendo elegido como presidente do Brasil, o então ex presidente do Senado, Sr. José Sarney,  que por conseguinte, saiu duas vezes de seu mandato deixando a desejar, e ainda faz parte da academia brasileira de letras – veja que absurdo. Ainda bem que ele não é presidente, pois se fosse ela também faliria, talvez você não se lembre, mas ele foi o primeiro presidente civil de pois de 21 anos de governo militar, deixou o governo com o maior índice de inflação da historia do país: 900%. Passando para  a mão do Presidente Collor um enorme problema,  depois o mesmo viria a se candidatar ao senado que por sua vez esteve envolvido em 11 inquéritos, todos arquivados por corporativismo político. Pois é, este é um dos que integraram o PMDB, outros foram Orestes Quércia e Antonio Fleury Filho, ambos foram governadores de São Paulo um em seqüência do outro e pasmem, conseguiram falir o banco Banespa (Banco do Estado de São Paulo) atualmente Santander, um dos bancos mais rentáveis do seguimento. Este é o PMDB, vice presidente do Brasil na figura da raposa chamada Michel Temer, que se articulam para pegar a presidência. Estão sempre esperando a oportunidade para abocanhar mais um ministério ou uma diretoria de importância no governo, partido que nunca saiu do governo  nem na época do governo militar, devemos ficar atentos e não esquecer o passado deste partido que só fez mal para a nação.

Temos o PSDB na figura ilustre do Ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, o pai do plano Real, este partido também surgiu da dissidência do PMDB por idealismo político e a ganância deixou o antigo partido pelo oportunismo. Temos figuras patéticas como José Serra e Aécio Neves, um partido dirigido por uma pessoa a qual tenho admiração pela sua cultura e inteligência que é o SR. Fernando Henrique Cardoso , mas que faz de um partido totalmente atrapalhado em suas  estratégias, primeiro a insistência em fazer de José Serra presidente, um homem sem carisma e sem liderança, segundo não definir até o momento quem será seu candidato a presidência, eles insistem ainda em prévia entre José Serra e Aécio Neves. Este partido esta ruindo e esta envolvido em um escândalo muito grande referente a corrupção na licitação do metro e da CPTM  que vem dos governos Mario Covas, Geraldo Alckmin e José Serra, que envolve grandes empresas como Auston e Siemens, que cartelizaram a manutenção dos três de São Paulo, difícil essa situação.E temos quem como virtual candidato? Sr. Aécio Neves: que é mais um dos problemas que temos que  resolver.

Já o PSB do candidato Eduardo Campos ex-Governador de Pernambuco não foge a regra. Antigo aliado do PT no governo se lançou candidato agora, com Marina Silva como vice, ganha força e  com certeza irá atrapalhar  a candidatura à reeleição de Dilma Rouseff. É engraçado, os aliados estão criando asas e voando, seria um erro de estratégia do governo? Seria ambição pelos cargos públicos? Com certeza é de ser analisado, mas este também esta envolvido em um escândalo referente a superfaturamento no porto de SUAPE em Pernambuco, escândalo que virá a tona e com certeza irá ofuscar sua candidatura, acredito que Marina Silva ter se aliado a Eduardo Campos não foi uma grande estratégia, Marina é monofásica, só fala de ecologia e Eduardo pensa somente em desenvolvimento social, o Brasil necessita mais do que isso, vamos ver  no que vai dar.

Agora o PT este realmente esta com problemas, temos a figura do Ex-Presidente Lula que segura sem dúvida nenhuma a candidatura de Dilma, mas os últimos acontecimentos, como mensalão  e agora com o escândalo da PETROBRAS vai ficar difícil, a população trabalha com memória atual e não passada, o governo Dilma foi marcado por tentativa e erro, um governo que não decolou e parece que ficou muito tempo na pista e agora não tem combustível para a decolagem. Existe uma preocupação muito grande, como irá ficar o Brasil? A inflação esta subindo, as denúncias estão aparecendo, a presidenta Dilma esta perdendo popularidade, o governo esta inerte, é o PMDB na espera dos resultados, já existe revoltosos dentro do governo querendo que o PMDB deixe de ser aliado, vamos ver o que acontece.

Uma Analise crítica do cenário político

Caro leitor me arrisco a colocar uma observação frente a este cenário, vejamos primeiramente a situação do PMDB, um partido que nunca foi nada e a sua contribuição para a nação sempre foi de exploração e corrupção, como pode ter credibilidade, veja sua  história.

O PSDB, é um partido retrogrado e com sua base focada na história do Plano Real e no Ex-Presidente  Fernando Henrique, necessita de atualização e modernização, sua imparcialidade e a insistente crítica ao governo do PT não levará a lugar nenhum, ele tem que ter novos horizontes.

O PSB, um partido que acredita ter um candidato forte e uma vice  candidata conhecida, mas monofásico, só tem um discurso ecológico, não tem muito futuro nesta empreitada, o Brasil é muito maior que o nordeste, e esta campanha não têm consistência.

O PT, tem tudo para emplacar mais um mandato, mas, o atual cenário não favorece esta candidatura, o Ex presidente Lula irá ter muito trabalho para fazer a divulgação e a alavancagem da reeleição de Dilma, acredito que o PT deveria abandonar o PMDB e Partir com candidatura única, pois a traição esta rondando o palácio do planalto, acredito também que um erro estratégico levou o PT a esta situação, era só dar a vice presidência ao Eduardo Campos que a vitória estaria garantida, quem vai tirar voto da Dilma é ele e não os outros, mas… Se conselho fosse bom eu venderia.

O PT já tem partidarismo forte, e seria capaz de uma nova filosofia para alçar um novo recomeço. O Brasil necessita mudar, a presidenta Dilma e o Ex-Presidente Lula estão focados em um governo progressista e social. Estamos vivendo um momento delicado, o Brasil pode retroagir andar para trás frente as novas candidaturas, é duro dizer mas estamos às vésperas de um caos político, não sei onde podemos chegar, a inflação em alta e os escândalos aparecendo, fico preocupado, mas temos que tomar decisão sempre, e espero que a maturidade política dos brasileiros estejam afloradas, pois se errarmos iremos pagar o preço, pois todos sabemos que colocar o político é fácil difícil e tirar.

Termino por aqui apos um reflexão profunda sobre o cenário político, boa semana a todos.

A caneta tem poder, cuidado.

d4

Caro leitor, este assunto é delicado e de difícil aceitação. Veja, a presidenta Dilma novamente comete um grande erro por conta de uma caneta. Ele em sua campanha assinou e enviou seu plano de governo e o mesmo depois voltaria com alguns equívocos e ela afirmou que assinou sem ver acreditando que estava tudo certo. Tenha cuidado presidenta, não assine nada sem ler, já o caso da Refinaria em Pasadena ela estava no conselho da Petrobras e deu seu aval para a compra da refinaria embasada em documentos enviados por técnicos e não se atentou e acredito que nem poderia, pois o conhecimento de todos nós é limitado às áreas de atuação.

Sabemos, que foi um grande golpe a todos os acionistas da Petrobras – incluo nisso aquele que utilizou seu FGTS para comprar ações e não aqueles especuladores financeiros, estes eu não me preocupo pois capital especulativo tem risco – mas o que leva em conta é que tomamos um prejuízo aproximadamente de US$ 1 bilhão e 200 milhões por um erro de avaliação. Uma empresa que não valia mais de US$ 42 milhões. Acredito que tem que ser investigado e não culpar a presidenta, tem gente que ficou com muito dinheiro e tem mais pessoas envolvidas. Não foi ela quem assinou sozinha, tem que fazer uma vasculha em contas de Sergio Gabrielli – então presidente da Petrobras. O que me chama a atenção é que parece que nossa presidenta não presta muita atenção em seus atos administrativos, vamos ficar atentos, tem que ser investigado, pois isso será um grande aperitivo para a oposição. É bom que seja esclarecido logo, caso contrário ela não terá como reverter este prejuízo político, pois o financeiro já foi consumado.

Ainda em tempo, é importante citar para vocês que sempre leem os posts deste blog:

Temos notícia todos os dias de erros, corrupções, propinas entre outros, mas temos que saber o que está acontecendo em nossa nação. Mesmo que seja ruim, a informação tem que chegar à população. É uma pena que esta informação não tem foco de solução, mas sim de fundo político. Funciona mais menos assim: o que eu ganho com isso? Ou quanto ganho com essa informação? Qual prejuízo posso causar para a presidenta?

Vale a nossa atenção.

Mais um Dilema da Novela de Dilma

d3

Novamente a presidenta Dilma está com problemas com o PMDB. Este partido vai levar a campanha presidencial para baixo. Eles querem mais um ministério, eles já tem 5 fora a presidência da Câmara dos deputados e a presidência do Senado, sem contar com a vice-presidência da republica. Acredito que o PMDB não tem estrutura para ter um candidato para disputa a sucessão de Dilma e fica querendo criar problemas com centrão, blocão e outros adjetivos.

Dilma, segue um recado:

Mande o PMDB passear. É duro ver o PT na mão do PMDB. LULA, tome providência, tire este câncer da política nacional. É inconcebível o que está acontecendo, temos dois ladrões e usurpadores nas principais funções do país e como se não bastasse temos um vice-presidente inerte e “raposa”, um político que nunca foi nada e nunca será, vivendo à sombra do palácio do planalto. Vamos dar um basta, sair desta prisão: Um partido igual ao PMDB que tem fama de péssimo administrador e de corruptos. Vamos limpar essa política que cada dia está mais podre e fazendo vergonha a nós cidadãos. Atenção Dilma e Lula, segue um grande conselho: largue a aliança com o PMDB e chame o Eduardo Campos para vice de Dilma e proponha a ele a sucessão da Dilma após este novo mandato. Vocês estão perdendo a eleição, acordem. Todo dia tem um novo escândalo, nós cidadãos não aguentamos mais. Comece a faxina pelo PMDB, tire tudo deles, vocês estão dormindo com o inimigo, pense se fosse um partido fiel não colocaria a presidenta em tantas situações embaraçosas.

Meu leitor, sei que fica difícil muitas vezes falar para quem não houve, mas temos que tentar. Um dia chega ao conhecimento deles a indignação da população, parece um governo alienado e sem rumo, o pior é que não temos muita opção o que será que nos resta, um grande abraço a todos.